Consórcio de Máquinas e Consórcio de Equipamentos – O que é, Valor, Lance e Como Funciona

O consórcio de máquinas e o consórcio de equipamentos funciona através do ato de contratar o serviço de uma administradora, mediante o seu interesse pelo valor das parcelas e a intenção de obter um produtos. É importante se atentar quanto ao bem que deseja obter para não ter futuras dores de cabeça e usufruir de um maquinário ou equipamento de qualidade, seja usado ou novo.

 

Como funciona um Consórcio de Máquinas e um Consórcio de Equipamentos

O consórcio de máquinas surgiu para auxiliar no trabalho agrícola e aumentar a produção com os maquinários, pois como os valores das máquinas têm preços elevados, tornou- se complicado comprar à vista ou até mesmo parcelar. O método que surgiu para ajudar diversos trabalhadores se dá pelo consórcio de máquinas.

Optar pelo consórcio de máquinas sempre será o ideal para quem deseja sofrer menos impacto no fluxo de caixa, além de conseguir planejar sua conquista e ter maiores vantagens em seu trabalho.

Neste momento, surge uma questão importante: quais são as máquinas possíveis de comprar através do consórcio? Existem tratores, colheitadeiras, semeadeiras e pulverizadoras. Caso seja novo nessa área, opte por estudar com precisão sobre qual maquinário deverá fazer parte de seu trabalho.

Quando decidir a categoria de máquina que deseja adquirir, será preciso procurar um consórcio de máquinas para conseguir saber mais informações sobre o bem escolhido, valores, parcelamentos e ser incluído nas reuniões que acontecem mensalmente.

Mas como funciona o consórcio de equipamentos? O consórcio de equipamentos funciona da mesma maneira que o consórcio de máquinas e qualquer outro disponível.

O consórcio de máquinas e o consórcio de equipamentos possuem taxas inferiores em comparação ao financiamentos, que no final das contas, financiar é pior, porque a pessoa deverá pagar um valor superior ao bem adquirido.

 

– Consórcio de Máquinas Novas e Consórcio de Equipamentos Novos

No caso de consórcio de máquinas novas e consórcio de equipamentos novos, o sistema será o mesmo que qualquer outro consórcio, ou seja, haverá reuniões mensais em que o consorciado deverá participar, bem como estar em dia com o pagamento de suas parcelas para ter a oportunidade de ser sorteado e conseguir a tão sonhada carta de crédito. Quando obtiver sua carta, poderá comprar seu maquinário ou um equipamento para seu trabalho.

 

– Consórcio de Máquinas Usadas e Consórcio de Equipamentos Usados

Essa modalidade é semelhante ao consórcio de máquinas e equipamentos novos. O consórcio de máquinas usadas te dá a possibilidade de evitar juros, o parcelamento se torna integral e as mensalidades se tornam mais fáceis de serem pagas ao longo do tempo.

Observe, então, que a carta de crédito possui o peso igual às compras à vista e ao ser contemplado, será possível obter qualquer tipo de maquinário ou equipamentos que possam lhe facilitar a vida no âmbito profissional.

Muito antes de efetuar a compra de seu bem, teste se a máquina ou equipamento desejados estão em perfeitas condições de uso, para que dessa maneira não tenha qualquer prejuízo no futuro. Observe os modelos, os valores, encontre as melhores oportunidades para usufruir de produtos usados e de qualidade.

 

Como funciona o Lance no Consórcio de Máquinas e no Consórcio de Equipamentos?

Normalmente, o que mais gera confusão nos consorciados é a questão do lance. Será essencial e imprescindível saber os métodos de realizar ofertas, ter maior vantagem sobre os demais participantes das reuniões, pois será outra maneira de obter a sonhada carta de crédito que abrirá as portas para ser possível comprar o bem.

Então, o consorciado deve compreender que não há somente um tipo de lance no consórcio, mas sim dois, e cada um funciona de modos distintos. Estruture sua oferta com base no que se tornar mais viável para aquele momento, observe os demais lances de cada consorciado e os estude antes de qualquer movimento.

 

Tipos de Lances de no Consórcio de Máquinas e no Consórcio de Equipamentos

O participante precisa ter maior noção sobre como cada lance poderá influenciar na conquista da carta de crédito, dessa maneira, será possível estudar em seu lar para fazer a melhor oferta através da observação.

 

– Livre

Como o próprio nome demonstra, o lance livre é comumente praticado nos consórcios de máquinas e consórcios de equipamentos, ou seja, o consorciado poderá ofertar o valor em que desejar, mas sempre ter em mente de que o mínimo a ser oferecido é, geralmente, 10% da carta de crédito.

Será o ganhador aquele que oferecer o maior lance naquele dia. Note que, por mais que essa parte de lances se assemelhe diretamente com um leilão, se difere justamente pelo pagamento antecipado das parcelas.

 

– Fixo

No caso do lance fixo, será a própria administradora a estipular um valor fixo correspondente ao percentual Y da carta de crédito, que por exemplo, pode ser de 30% do valor total.

Ou seja, no consórcio de máquinas e consórcio de equipamentos, haverá um valor estipulado de R$ 200 mil, significa, por outras palavras, que o lance fixo será de R$ 60 mil. A administradora deve estabelecer os principais critérios para ser possível ter um ganhador através do lance fixo no consórcio.

 

Taxa de Administração no Consórcio de Máquinas e no Consórcio de Equipamentos?

Geralmente, a taxa da administradora é próxima dos 23%, conforme o valor da carta de crédito, em que será diluída nas mensalidades durante os meses. Para conseguir realizar o cálculo da taxa administrativa, utilize o percentual contratado dividido pelo número de meses de duração de seu consórcio de máquinas e consórcio de equipamentos.

Opte sempre pelo consórcio em que terá uma taxa administrativa inferior com relação às outras, pois dessa maneira, ambos sairão no lucro e com a total certeza de que o consorciado realizará os pagamentos corretamente.

 

Sorteio no consórcio de Máquinas e no Consórcio de Equipamentos – Como funciona?

O sorteio de consórcio de máquinas e no consórcio de equipamentos contempla de forma aleatória um ou mais participantes presentes na reunião e naquele grupo em especial. Será através desse método que o consorciado terá o acesso à carta de crédito.

Todos os membros do consórcio terão o direito de serem contemplados com o sorteio para obterem seus bens ou serviço. Vale lembrar que o sorteio somente define a ordem em que cada um receberá a carta de crédito, mas todos os participantes serão contemplados em algum momento.

 

O que é contemplação de consórcio de Máquinas e de Consórcio de Equipamentos?

A contemplação se dá pela conquista do crédito para obter seu bem ou serviço desejado. Para ter maiores chances de ser contemplado no consórcio de máquinas e no consórcio de equipamentos, será preciso se manter na média de 20% a 50% do valor total do bem desejado.

A contemplação pode ocorrer por meio do lance livre e lance fixo, bem como os sorteios que ocorrem uma vez por mês, este que dará a carta de crédito no valor estipulado do bem. Observe e escolha aquele que mais se enquadra em suas necessidades para aquele momento específico.

 

Como ser contemplado no consorcio de Máquinas e no Consórcio de Equipamentos?

O principal método para ser contemplado mais rapidamente no consórcio de máquinas e consórcio de equipamentos é pelo sorteio, que é uma opção comum a qual todos os consorciados serão escolhidos até o final do grupo. Portanto, uma vez por mês ocorrerá o sorteio para definir o novo contemplado.

O lance livre serve para o consorciado dar lances pagos diretamente nas parcelas do consórcio. No caso do lance fixo, quem define o lance será a própria administradora do consórcio.

 

Consórcio de Máquinas e Consórcio de Equipamentos: Fui contemplado e agora?

Evite ser contemplado e não estar com as parcelas em dia, mesmo que a contemplação tenha ocorrido pelo lance não deixe de pagar até a data de vencimento. Se não efetuar o pagamento do que se propôs durante o processo de lance livre ou fixo, perderá a contemplação.

Sempre mantenha os dados atualizados porque a administradora realizará a análise de crédito, dado que seja algo automático de se ocorrer dentro de um consórcio de máquinas e consórcio de equipamentos. Na etapa de finalização envie todos os seus documentos para poder concluir o processo de uso de sua carta de crédito para o consórcio de máquinas e consórcio de equipamentos.

 

Como fazer a substituição de bem no consórcio de Máquinas e no Consórcio de Equipamentos?

À primeira vista, se sentir necessidade de trocar seu bem porque será melhor ao seu caso, entre em contato diretamente com a administradora do consórcio de máquinas e consórcio de equipamentos, pois através de seus dados e demais termos estabelecidos no contrato, haverá a verificação de realizar a mudança.

Esteja atento para com suas informações disponibilizadas no ato da contratação de um plano de consórcios, pois será imprescindível estar com tudo atualizado, pois dessa maneira, a administradora poderá agilizar este processo.

 

Carta de Crédito no consórcio de Máquinas e no Consórcio de Equipamentos

A carta de crédito é correspondente ao valor inicial do plano escolhido pelo consorciado, no ato da contratação de seu consórcio de máquinas e consórcio de equipamentos. Seria como um vale-compra em que o consorciado poderá realizar a compra daquilo que deseja adquirir na categoria escolhida no ato da contratação do consórcio. Ou seja, o dinheiro será repassado para a pessoa que realizou a venda e após concluir os trâmites, haverá a liberação do crédito.

 

Carta de crédito contemplada do consórcio de Máquinas e no Consórcio de Equipamentos

Esse tipo de carta de crédito já contemplada dará poderes ao titular para fazer o que bem quiser com ela. Não haverá necessidade de aguardar o sorteio, muito menos ofertar algum lance para obter o item que deseja. Somente será preciso informar que adquiriu a carta de crédito através de um terceiro.

No caso desse terceiro, será possível transferir a carta de crédito contemplada para outra pessoa, portanto, quando receber a carta poderá comprar a máquina ou o equipamento que tanto deseja.

 

Posso adquirir mais de uma carta de crédito no consórcio de Máquinas e no Consórcio de Equipamentos?

O consórcio de máquinas e consórcio de equipamentos dá a chance de obter mais uma carta de crédito, porém será preciso passar por análises. Significa que a administradora oferece essas cartas de crédito com valores distintos para um mesmo grupo.

Nesse caso, se o consorciado desejar obter uma máquina no valor de R$ 500, poderá obter cinco cartas de crédito no valor de R$ 100 mil ou simplesmente duas cartas no valor de R$ 200 mil e outra de R$ 300 mil.

 

Taxa de administração consórcio de Máquinas e no Consórcio de Equipamentos – O que é?

A taxa de administração é a maneira ideal de remunerar a empresa de consórcio de máquinas e consórcio de equipamentos por todos os serviços realizados, até o momento. Inclusive, saiba que a taxa não funciona como um juros.

Note, por exemplo, que esse tipo de cobrança ocorre porque as administradoras se responsabilizam por uma variedade de etapas com relação ao consórcio, por exemplo, ela é responsável pela criação de grupos, definem formas de pagamento, além de realizar a entrega dos bens.

 

Como é calculada a prestação do consórcio de Máquinas e do Consórcio de Equipamentos

Os cálculos da prestação deverão ser baseados em 100% do valor do crédito, posteriormente deve-se dividir pela quantidade de meses que durar o consórcio.

Tenha um planejamento financeiro para saber sobre os valores que realmente se encaixem com o seu bolso, pois o consórcio é longo e será preciso ter atenção quanto aos prazos desde o início até o final do consórcio de máquinas e consórcio de equipamentos.

Ou seja, observe os reajustes de pagamento com relação às parcelas, mesmo que os consórcios não façam trabalhos com um juros, incluído, apenas há o reajuste que impede a carta de crédito perder seu valor com o passar do tempo.

 

– O valor das prestações do consórcio de Máquinas e no Consórcio de Equipamentos pode ser alterado?

Os membros do consórcio de máquinas e do consórcio de equipamentos, poderão notar que o valor das parcelas sofreram alteração, tanto para um número maior ou número menor.

As parcelas sobem para ser possível manter o poder de compra da carta de crédito. Porém, os valores não poderão ser modificados sem algum tipo de motivo, ou seja, a administradora não poderá mudar nenhum valor apenas por vontade própria.

 

O que é Fundo de reserva no Consórcio de Máquinas e no Consórcio de Equipamentos e como funciona?

No caso do fundo de reserva, este é um valor que será cobrado pelas administradoras do consórcio de máquinas e no consórcio de equipamentos, pois será dessa forma que haverá garantia de que os participantes não sejam prejudicados.

Os consorciados entram no consórcio por um objetivo em comum, investem altas quantias de dinheiro, e consequentemente precisam de alguma proteção desses valores para não serem prejudicados.

 

Consórcio de Máquinas e Consórcio de Equipamentos – Posso pegar o valor do consorcio em dinheiro?

De fato, é possível obter acesso ao dinheiro do consórcio ao invés de prosseguir com a obtenção de seu bem. O consorciado que tiver sido contemplado e está com todas as parcelas do consórcio finalizadas, deverá aguardar 180 dias para poder receber o valor em dinheiro da carta de crédito.

 

Posso trocar o bem no meu consórcio de Máquinas e no Consórcio de Equipamentos

É possível modificar o bem no consórcio por qualquer outro que esteja inserido na mesma categoria, no entanto, a carta não deve estar contemplada ainda. Portanto, esteja atento quanto a esse fator. Ao trocar o bem, o membro será direcionado a outro grupo.

O grupo deverá ter o mesmo número de vagas e o valor igual do consórcio ao qual pertencia anteriormente. Entre sempre em contato com a administradora do consórcio de máquinas e consórcio de equipamentos para verificar a disponibilidade da troca efetiva do bem.

 

O que acontece se eu desistir do consórcio de Máquinas ou do Consórcio de Equipamentos?

Por fim, caso o consorciado desista de seu contrato, haverá o que é chamado cancelamento de cota e conforme a Lei 11.795/2008, esse consorciado terá o direito de receber todo o dinheiro investido antes que o grupo que participou seja encerrado.

Será necessário estudar muito bem sobre o consórcio no qual deseja fazer um contrato, escolher o bem e observar com cautela o valor das parcelas, prazos de pagamento e por quanto tempo irá durar.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.