Consórcio de Imóveis – O que é, Valor, Lance e Como Funciona

O consórcio de imóveis surgiu em decorrência de outro consórcio, o de automóveis. A primeira vista, o consórcio surgiu na década de 60 por conta de uma série de limitações com relação aos empréstimos e demais financiamentos, e um grupo de bons amigos reuniram-se com o objetivo de realizar a compra de um automóvel. Cada um pagava uma quantia X anteriormente estabelecida, e no fim, formaram um autofinanciamento. O mesmo vale atualmente para todos os demais consórcios.

 

Como funciona um Consórcio de Imóveis

Há uma variedade de planos oferecidos, bem como o número de parcelas e os prazos para pagamentos, sem esquecer de citar o valor da carta de crédito que  costumam ser diferentes.

No consórcio de imóveis ou em outro tipo, é o próprio consorciado quem decide o que será melhor com relação a sua própria necessidade. A partir do momento em que decidir contratar uma cota, todos os meses deverá ser pago uma parcela com o valor estipulado no ato do contrato.

Esses valores são usados para a contemplação de todos os integrantes do grupo em comum, ao qual a administradora estabelece. Lembre-se que realizar os pagamentos das mensalidades é um dos principais passos para conseguir obter o que deseja.

 

– Consórcio para compra de Imóveis Novos

Com relação ao consórcio de imóveis novos, é possível comprar um apartamento, construir, realizar reformas e até mesmo fazer a compra de um terreno com uma variedade de parcelas acessíveis.

É possível efetivar a compra de um apartamento direto na planta, além de haver a ausência dos juros e a taxa da administradora ser inferior. É necessário conferir todos os dados postos no contrato feito junto com a administradora do consórcio de imóveis.

A escolha de seu imóvel dependerá apenas do gosto, pois do mesmo modo que funciona para um automóvel, viagens e afins, o consorciado escolherá o que realmente quer adquirir como seu bem.

 

– Consórcio para compra de Imóveis Usados

Tanto para a compra de imóveis usados quanto para novos, as regras do consórcio funcionam da mesma maneira. Apesar de toda a crise econômica, adquirir imóveis usados através do consórcio aumentou.

Para conseguir obter um bem, será importante pagar todas as mensalidades propostas e participar das reuniões que acontecem uma vez por mês, para ocorrer o sorteio que definirá o ganhador da carta de crédito daquele mês.

 

Como funciona o Lance no Consórcio de Imóveis?

Os lances no consórcio de imóveis funcionam, no geral, como o adiantamento das parcelas, porque desse modo o consorciado conseguirá adquirir a tão sonhada carta de crédito. O lance nada mais é do que receber a carta de crédito, seja através do lance fixo ou livre.

Existem bons momentos para fazer a utilização dos lances, que devem ser aguardados por mais alguns meses, pois há muitas pessoas interessadas na mesma coisa e certamente dariam um lance similar, o que claramente atrapalharia no momento. Tenha em mente sempre participar de todas as reuniões, conhecer os valores ofertados nos lances e ter uma noção para basear sua própria oferta.

Pense nas melhores épocas do ano e se atente a certas coisas: o lance deve ser feito entre 30% a 50% do valor da carta de crédito, mesmo que você não possua essa quantia, escolha a época do ano que melhor pode lhe ajudar, por exemplo, dezembro, janeiro e fevereiro a concorrência nos lances é inferior, já que muitas pessoas pensam mais sobre presentes de Natal, IPTU, IPVA e matrícula escolar.

 

Tipos de Lances de um consórcio de imóveis

Os tipos de lance variam de momento para momento. É necessário saber que, para conseguir a carta de crédito do consórcio de imóveis, exige ofertar um lance, seja ele fixo ou livre. Significa que, se desejar muito adquirir o seu imóvel, vale a pena tentar obter a cara de crédito de outra maneira.

No entanto, muitos consorciados que estão inseridos no consórcio de imóveis, ainda não se atentaram com relação aos lances, no caso o livre ou fixo e como servem e devem ser ofertados.

 

– Livre

No lance livre, o participante do consórcio de imóveis poderá oferecer o valor que quiser. No caso, será possível dar um lance que esteja entre 1% a 100% da carta de crédito. Normalmente, há um valor mínimo que seria, por exemplo, 10% da carta de crédito. O vencedor será o que ofertar um lance maior.

Esses lances simplesmente são as quantidades de parcelas que o membro do consórcio de imóveis decide pagar de modo antecipado, a fim de diminuir seu tempo para conseguir a carta de crédito. Se por algum acaso, ocorrer de dar empate entre um ou mais de dois consorciados, a administradora responsável pelo consórcio de imóveis deverá desempatar para conseguir um vencedor.

 

– Fixo

O lance fixo no consórcio de imóveis, será com os valores estipulados pela administradora. Em caso de empate, para haver um vencedor, a administradora mantém seus critérios e assim definirá o vencedor, uma maneira é realizar um sorteio apenas com as pessoas que oferecerem o valor fixo, por meio da pedra chave.

 

Taxa de Administração

Normalmente as taxas da administradora no consórcio de imóveis varia de 15% a 20% do valor da carta de crédito, ou seja, conforme o consorciado paga suas parcelas essa taxa também é paga e automaticamente diluída.

Nota-se que as taxas do consórcio costumam ser confundidas com juros, que é uma particularidade do financiamento. Significa que se o valor da entrada para adquirir um bem for menor, os juros serão bem maiores. Então, o consumidor que optou por financiar acaba por pagar o dobro do valor inicial do bem.

 

Sorteio de consórcio de Imóveis – Como funciona?

Lembre-se, somente os participantes do consórcio de imóveis é que poderão participar dos sorteios que ocorrem uma vez por mês, através das reuniões. Este é o que dá a garantia para que todos sejam contemplados.

Um participante será o sortudo da vez durante o sorteio e colocará as mãos em sua tão sonhada carta de crédito para adquirir um imóvel. Independentemente de ter recebido a carta de crédito no começo das reuniões do consórcio ou no meio, será necessário pagar as demais parcelas.

O principal método para realização desse sorteio, será o de sortear números, pois é a prática mais comum. No entanto, a administradora poderá estabelecer seus próprios critérios e como o sorteio funcionará.

 

O que é contemplação de consórcio de Imóveis?

Ser contemplado significa que finalmente chegou o momento de pegar a carta de crédito, para assim poder comprar seu tão sonhado bem, buscado por meio do consórcio de imóveis.

Aliás, no caso de imóveis, é possível usar o saldo do FGTS para dar ofertas nos lances. Este recurso poderá ser um complemento do crédito, realizar amortização ou até mesmo pagar parte de suas prestações.

Receber a contemplação é um desejo do consorciado, mas antes será preciso apresentar as garantias de que permanece com os pagamentos das parcelas em dia. É necessário comprovar a renda, apresentar todos os seus documentos solicitados pelo consórcio de imóveis e finalmente realizar sua compra.

 

Como ser contemplado?

O sorteio é o método mais comum. Os membros do consórcio recebem a carta de crédito através da sorte, mas todos serão contemplados em algum momento. Aqueles que participam da reunião e estão em dia com suas mensalidades, possuem direito de concorrer. Todo mês ocorre o sorteio, portanto, é importante ter paciência.

Torna-se possível ser contemplado através do lance livre, além disso, o consorciado deverá avisar com antecedência a administradora do consórcio de imóveis que dará um lance pela carta de crédito e deve mencionar o número de parcelas que serão antecipadas.

No caso do lance fixo, a administradora é quem decide o valor a ser oferecido, caso haja dois consorciados empatados, a administradora deverá desempatar através da pedra-chave que será sorteada na reunião.

 

Consórcio de Imóveis: Fui contemplado e agora?

A partir do momento em que conseguiu ser contemplado no consórcio de imóveis, será muito importante apresentar alguns documentos específicos.

  • Certidão negativa dos tributos do município
  • Certidão de valor venal
  • Instrumento particular, escritura pública
  • Matrícula do imóvel totalmente atualizada

Estes documentos servem apenas para os imóveis que estão prontos, além de ser necessário mostrar que os documentos são legais. No caso de adquirir um imóvel em construção, saiba que outros documentos serão exigidos pela administradora.

  • Alvará
  • Cronograma da construção
  • Memorial com todas as descrições da obra
  • Planta aprovada pela prefeitura do município

O consorciado deverá estar sempre atento com todas as fases e solicitações por parte da administradora, pois cada passo é muito importante e o ajudará a conquistar seu bem.

 

Como fazer a substituição de bem no consórcio de Imóveis?

A administradora do consórcio dá uma possibilidade para que os consorciados alterem o valor da carta de crédito já estabelecida no contrato. Ou seja, o participante será posto em um novo grupo, no qual deverá se habituar tanto com as condições quanto com a nova quantia.

O consorciado precisa saber os requisitos pré-definidos pela administradora do consórcio de imóveis, para dar procedência ao pedido. A diferença do valor entre as cartas de crédito não pode ser maior que 50% da que havia sido contratada inicialmente.

Se por algum acaso, decidiu realmente efetuar a troca do bem, basta entrar em contato com a administradora do consórcio de imóveis, e com base em seus dados e demais termos, haverá a verificação para troca de bem.

 

Carta de Crédito no consórcio de Imóveis

As cartas de crédito sempre correspondem ao valor do plano inicial escolhido pelo consorciado no ato do contrato, junto com a administradora do consórcio de imóveis. Seria um vale-compra, no qual o consorciado poderá fazer o que bem quiser com o valor, desde que permaneça dentro da categoria escolhida.

Por exemplo, o consórcio de imóveis possui um imóvel no valor de R$ 200 mil e com duração de 120 meses, ou seja, 10 anos, e o consorciado é sorteado no no 8° mês de participação, deverá permanecer em dia com suas parcelas até que complete 120 parcelas.

 

Carta de crédito contemplada

No consórcio de imóveis, é possível transferir sua titularidade sobre a carta de crédito para terceiros. Ele possuirá os mesmos valores da carta para comprar um imóvel. Mesmo que o processo inteiro seja permitido pela lei, será necessário prestar atenção em alguns fatores, e um deles é com relação a administradora do consórcio de imóveis que precisa aprovar essa transferência de carta contemplada.

O consorciado deve pedir uma declaração da carta de crédito e deve constar ser verdadeira, além de ser importante possuir data da reunião, o valor da carta de crédito e as demais garantias.

 

Posso adquirir mais de uma carta de crédito no consórcio de Imóveis?

Existem determinadas regras para obter mais de uma carta de crédito. Será importante que o consorciado comprove para a administradora do consórcio de imóveis sua renda, e toda a capacidade financeira para conseguir manter em dia com seus pagamentos. Então, sim, é possível adquirir outra carta de crédito no consórcio de imóveis. É importante, no entanto, ter uma renda superior a 3x o valor de todas as parcelas somadas.

 

Taxa de administração consórcio de Imóveis – O que é?

A taxa de administração é a principal maneira de poder remunerar a administradora do consórcio de imóveis, por todos os serviços prestados. Ela possui muita responsabilidade em uma variedade de etapas no consórcio.

A administradora do consórcio de imóveis cria os grupos, além de fazer a identificação de cada membro para encaixá-lo no grupo que melhor se enquadra nele. Ainda definem os métodos de pagamento, e realizam a entrega dos bens.

 

Como é calculada a prestação do consórcio de imóveis

O cálculo será feito com base no valor total do crédito, ou seja, 100% e que precisa ser dividido pelo número de duração do consórcio. Ou seja, se o consórcio de imóveis dura 50 meses, terá o valor de 2% ao mês.

O percentual do fundo comum será de 2% ao mês, e a parcela do mesmo seria de R$ 600,00. A taxa da administradora do consórcio de imóveis é inferior à do fundo comum, pois equivale a 10% do valor inteiro da carta de crédito.

 

– O valor das prestações do consórcio de Imóveis pode ser alterado?

Sim, o valor das parcelas do consórcio de imóveis podem ser alterados para mais ou menos. Os valores costumam subir para manter o poder total de compra da carta de crédito. Isso ocorre por conta das atualizações de crédito, e o percentual seria de 5,85%, portanto as parcelas subirão para este número.

 

O que é Fundo de reserva e como funciona?

Esse valor é costumeiramente cobrado pela administradora do consórcio de imóveis, de modo que possa garantir que todos invistam em um bem e não sejam prejudicados no final das contas. O fundo de reserva é cobrado através das mensalidades, e representa sempre 2% do total do bem, aliás, os valores sempre são diluídos nas parcelas.

 

Consórcio de Imóveis – Posso pegar o valor do consórcio em dinheiro?

Sim, é possível obter o dinheiro ao invés de dar continuidade às aquisições do bem escolhido, porém saiba que há algumas regras. O consorciado receberá o valor apenas se estiver em dia com suas parcelas, e após o final do grupo, quando todos tiverem sido contemplados.

 

O que acontece se eu desistir?

Quando o consorciado desiste do contrato, será importante escrever sua desistência junto da administradora do consórcio de imóveis. Sobre a Lei 11.795/2008, o consorciado possui direito de receber seu dinheiro investido antes que o grupo tenha sido encerrado.

Se o consorciado simplesmente desistir após ter sido contemplado, deverá permanecer até o fim porque nesse caso é proibido a desistência.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.